Organização

Você sabia que existe um jeito certo de se guardar medicamentos?

Como guardar medicamentos
É bem comum encontrarmos uma farmácia pessoal nas casas brasileiras, e talvez você já tenha uma no seu quarto, sala ou, até mesmo, no espelho do banheiro. Mas você sabia que os medicamentos podem estragar mesmo antes da validade dependendo das condições do ambiente em que eles estiverem? 

Por isso, é essencial mantê-los organizados e guardados corretamente, dependendo das especificidades do medicamento. Além das recomendações gerais que daremos nesse artigo, não se esqueça de ler a embalagem e a bula de cada um para saber a melhor forma de armazená-lo, ok?

É bem comum encontrarmos uma farmácia pessoal nas casas brasileiras, e talvez você já tenha uma no seu quarto, sala ou, até mesmo, no espelho do banheiro. Mas você sabia que os medicamentos podem estragar mesmo antes da validade dependendo das condições do ambiente em que eles estiverem? 


Por isso, é essencial mantê-los organizados e guardados corretamente, dependendo das especificidades do medicamento. Além das recomendações gerais que daremos nesse artigo, não se esqueça de ler a embalagem e a bula de cada um para saber a melhor forma de armazená-lo, ok? 

Continue lendo para saber mais sobre como organizar remédios na sua casa! 

Como armazenar e organizar remédios corretamente?

1. Atente-se às condições do ambiente 

Nossa primeira dica é a mais importante para impedir que seus remédios estraguem, então preste bastante atenção: não guarde medicamentos em locais úmidos, como cozinha ou banheiro. Sim, é triste, mas temos que desapegar do imaginário hollywoodiano da farmácia pessoal no espelho do banheiro. 😢 

Além da umidade ser prejudicial, muitos medicamentos são sensíveis ao calor e podem ter sua eficácia diminuída se mantidos em locais com forte incidência de luz, como dentro do carro, por exemplo. Por isso, proteja-os também da luz e do calor, mantendo em um ambiente arejado e em temperatura ambiente.

É essencial checar na bula ou rótulo de cada um em qual nível de temperatura precisam ser mantidos, pois existem medicamentos que exigem temperaturas ainda mais baixas do que a temperatura ambiente (até 25º C) e até mesmo sob refrigeração!

2. Mantenha a limpeza em dia 

Por medicamentos serem itens armazenados por um prazo razoável, como alguns meses ou anos, é importante manter o ambiente em que eles estão sempre limpo e arejado, evitando mofo, poeira e possíveis pragas domésticas, como baratas, formigas, cupins ou traças. 

Mas, ao higienizar sua farmácia particular, tome cuidado para que os produtos de limpeza não entrem em contato direto com os medicamentos. Assim, você não corre o risco de uma possível intoxicação causada pela ingestão desses produtos e mantém a fórmula dos seus medicamentos intacta.

3. Utilize porta-comprimidos do jeito certo

Porta comprimidos
Porta Remédios

As caixas plásticas com divisórias podem ser muito úteis para pessoas que precisam tomar diversos medicamentos, seja no mesmo dia ou ao longo da semana. Porém, muitos adeptos dos porta-comprimidos retiram os medicamentos da embalagem original para colocá-los nas caixinhas, o que acaba dificultando a identificação dos medicamentos. 

Além disso, retirar o medicamento da sua embalagem original pode alterar sua estabilidade físico-química, já que essas caixas de plástico não possuem vedação comparável a da embalagem original e acabam fazendo com que o remédio entre em contato com o ar. 

Veja Também  Como organizar o seu armário em 5 passos

Portanto, se utilizar uma caixinha organizadora te ajuda a se organizar e a lembrar de tomar os medicamentos, tente manter seus medicamentos embalados na cartela original e tome cuidado para não cortar o nome atrás. Assim, você diminui o risco de confundir o que está tomando e mantém a vedação das embalagens originais 😉

4. Tome cuidado com as crianças

Sua organização deve levar em conta não somente a segurança de quem toma os medicamentos, mas também a de todas as outras pessoas que residem na casa, não é mesmo? 

Dessa forma, lembre-se que as crianças são curiosas em relação a embalagens, caixas e objetos coloridos, o que tornam os medicamentos uma grande tentação se colocados à vista delas. Então, se você tem crianças em casa, não se esqueça de guardar seus medicamentos em lugares que não estejam ao seu alcance, como locais mais altos e menos expostos.

5. Respeite a data de validade

Não é à toa que a Anvisa determina que todos os medicamentos contenham suas datas de fabricação e validade nos rótulos. Sua data-limite é definida de acordo com diversos testes feitos pela própria indústria farmacêutica, que avalia a estabilidade dos elementos ativos da fórmula do medicamento. 

Após a data determinada, o laboratório não se responsabiliza mais pela eficácia, potência e segurança daquele medicamento no seu organismo, o que pode colocar em risco a vida de pessoas que dependem de medicações contínuas para doenças crônicas, como diabetes e hipertensão. E, mesmo para outros tipos de remédios, é melhor não arriscar, não é? 

Portanto, não se esqueça de verificar constantemente a validade dos seus medicamentos e descartá-los corretamente. Assim, você garante não só a sua segurança, mas a de todas as outras pessoas que tiverem contato com eles. Esperamos que você tenha gostado das nossas dicas! E se você precisar de ajuda para fazer a organização ou limpeza da sua casa, saiba que estamos aqui para te ajudar. Conte com a UmHelp e solicite uma diarista agora 🙂

★ Deixe seu like:

Classificação / 5. Votos:

Comentar

Clique para Comentar!

Newsletter

Contrate uma Helper

UmHelp - Diaristas

Publicidade